Justiça mantém leilão de ônibus elétricos do Eixo Anhanguera após críticas do governador

125

A Justiça negou o pedido de impugnação feito pela Enel em relação à licitação de ônibus elétricos do Eixo Anhanguera.

O magistrado entendeu que a realização do leilão está dentro dos parâmetros legais e não representa nenhum dano ao erário.

O governador Ronaldo Caiado havia criticado publicamente a atuação da Enel, afirmando que a empresa realizou uma manobra para suspender a licitação.

O leilão seguirá adiante na segunda-feira.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui